13 de abril de 2016

O que um bom programador precisa saber, visto do olhar feminino

Sim, eu sei que estou super sumida, mas a vida é assim, uma eterna correria, mas vamos logo ao assunto de hoje =D


Algumas pessoas se perguntam (inclusive eu) sobre como ser programador(a),  “onde vou aprender”, “o que vou estudar” ou “o que é preciso fazer para ser um bom/boa programador(a)?

Difícil? Sim, difícil. Eu listei logo abaixo ao meu ver os principais digamos "requisitos", vamos a eles:


Raciocínio Lógico

O programador resolve problemas utilizando código para transcrever um raciocínio lógico. Não acredito ser possível alguém ir muito longe na programação se não tiver essa forma de pensar, com uma visão sistêmica, melhorei muito nesse requisito desde quando comecei, mas confesso, ainda tenho um pouquinho de dificuldade, me julguem. 


Ser autodidata

Não imagine que cursos irão te transformar num programador de uma hora pra outra, não!!! Programador tem que ser autodidata, ou seja, correr atrás, pesquisar, fuçar, tentar, explorar, se não for, não tem como ser programador, o negócio se chama dedicação.


Gostar de resolver problemas

Programação é grande parte do tempo resolução de problemas, seja um problema que o software irá resolver ou seja resolvendo problemas no próprio software. O programador tem que ser curioso e tem que ter interesse em resolver problemas.


Inglês

Sem inglês o programador fica em uma fina camada de conhecimento, não chega no nível intermediário, hoje é assim em praticamente todas as áreas. Infelizmente o conhecimento escrito em português neste segmento é bem restrito, a maioria dos livros da minha área são em inglês.


Gostar de aprender

Estudar é uma constante na vida, é preciso ler, pesquisar, investigar, desvendar, duvidar, questionar, aprimorar, criar, inventar, procurar, entender...


Mas acima de tudo, detalhes que também fazem a diferença

  • Ser concentrado; 
  • Ser curioso;
  • Ser disciplinado;
  • Ter disposição para estudar, mesmo não sendo nas áreas de seu interesse (dica valiosa);
  • Ser paciente e persistente;
  • Desconfiar que está errado ou se existe uma maneira melhor de resolver o problema;
  • Saber ouvir os mais experientes e os que sabem menos também, sempre existe algo para se aprender;
  • Não é preciso ser ótimo em matemática, mas é sempre bom dar uma revisada né!
Espero que tenham gostado dessas dicas, você que é curioso(a), gosta de informática, gosta de tecnologia, não perca tempo, corra atrás pois nosso tempo é muito precioso para desperdiçá-lo.

bjos e até o próximo post (quando der rs)

Nenhum comentário:

Postar um comentário